Mosaico da Vila

E repare o leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias
Machado de Assiso leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias" Machado de AssisOSAICO DA VILA
E repare o leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias" Machado de AssisICO DA VILA
E repare o leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias" Machado de Assisepare o leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias" Machado de Assis

Oeiras para o mundo


A fotógrafa oeirense Adleuza Pacheco assinou recentemente contrato com a empresa Oi/Telemar Norte Leste S/A, cedendo fotografia do centro Histórico de Oeiras. A fotografia cedida é intitulada “Vista da torre sineira do Museu de Arte Sacra de Oeiras-PI” e foi escolhida pela equipe organizadora do programa que selecionou a fotografia por detectarem uma beleza incomum recheada de arte. A cessão é válida para compor materiais para publicação, produção e reprodução da fotografia em cartões telefônicos para uso em Terminais de Uso Público.
Os cartões publicados serão válidos para todo o território nacional como para todo e qualquer outro país.
Com esta publicação, a beleza e o encanto proporcionado pela Primeira Capital do Piauí serão ainda mais divulgados e conhecidos por todos aqueles que adquirirem cartões telefônicos de uso público.
O lançamento dos cartões acontecerá no mês de junho na cidade do Rio de Janeiro onde são convidados a estarem presentes todos os fotógrafos que cederam suas fotografias para a campanha publicitária.
As fotografias de Adleuza Pacheco já circulam em todo o estado do Piauí em publicações em jornais de circulação estadual, sites e blogs virtuais.
Em abril de 2007 a fotógrafa realizou uma exposição intitulada “História e Religiosidade Oeirense” constando de 41 fotografias que retratam a histórica e a fé do povo oeirense.
Confira a fotografia selecionada para publicação em cartões telefônicos que circularão a partir do mês de junho em todo o Brasil e exterior.

Publicada por a cor da chita

Um comentário:

Jornalismo disse...

Nossa a nota foi super interessante, please, acessem o meu e deixem comentáros.
Um abraço.