Mosaico da Vila

E repare o leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias
Machado de Assiso leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias" Machado de AssisOSAICO DA VILA
E repare o leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias" Machado de AssisICO DA VILA
E repare o leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias" Machado de Assisepare o leitor como a língua portuguesa é engenhosa. Um contador de historias é justamente o contrario do historiador, não sendo um historiador, afinal de contas, mais do que um contador de histórias" Machado de Assis

Aventura

Para alguém que não ouso dizer o nome


Já passava da meia noite, tinha acabado de vestir a sua camisola carmim para dormir quando o telefone chamou, assustou-se com uma ligação àquela hora, poderia não ser uma boa noticia. Era a voz de um homem, uma voz afônica, mas logo reconheceu, tratava-se de um caso antigo, desses que o tempo passa, porém permanece vivo quando bate o desejo do bem querer.


Logo marcaram um encontro, não para papearem, já era tarde demais pra isso. Não demorou a buzina do carro dele alertar de sua presença em frente a casa dela, sem que alguém a visse saiu discretamente nas pontas dos pés, entrou no carro e se entregou aquela aventura noturna.


De repente era um só corpo, suor, gemidos, beijos... Ele era dela, ela muito mais dele, os dedos dela bailavam sobre o corpo dele e em frenético movimento o lado animal dele sobressaia o racional.


O gemido emudecia aos poucos, mas permaneciam abraçados, sentindo um do outro o coração acelerado. Ela voltou para casa realizada, sentindo-se ainda mais revigorada, para ele apenas mais uma relação casual.


O telefone agora toca deve ser ele...


Junior Vianna

4 comentários:

Cynthia Osório disse...

romance, sexo, paixão, mistério... um doce deleite!!

Lameck Valentim disse...

Em Oeiras, é difícildizer a quem este conto é destinado. Em cada rua em cada casa isso acontece a todo dia a toda noite.
Brinde-nos sempre com seus contos, amado amigo.

Caяoℓ Łeaℓ disse...

Seu Blog ta muito legal, parabéns! Mas que tal colocar seu blog com dominio proprio, muito mais facil das pessoas aprenderem seu endereço. Caso tenha interesse entre em contato conosco pelo endereço www.carolleal.com.br.

blogpiaui disse...

Olá, tudo bem? Estamos vindo até você para convida-lo à fazer parte do BlogPiauí. O BlogPiauí é um espaço para reunião de todos os Blogueiros Piauienses. Aqui poderemos trocar idéias, nos divulgarmos, dar dicas uns aos outros, aprender coisas novas e muito mais. Será um prazer tê-lo na nossa lista de Blogueiros. Visite-nos e deixe seus dados para adicionarmos você:
- Nome;
- Endereço de Blog;
- E-mail;
- E a título de pesquisa, nos informe de qual cidade/estado você está nos acessando agora.

Esperamos você.

:: blogpiaui5.blogspot.com